Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2010

Equatoriana

Imagem
Eu me sinto inteira
E ainda assim
Me percebo fraca.
Há uma ansiedade
Um verme corroendo uma esperança
Que trago escondida em mim.
Nego-me o tempo inteiro
Essa necessidade
Sinto vergonha, descabimento!
Eu me sinto metade
Mesmo afirmando a inteireza
Há uma contradição e uma beleza. E sigo entre o norte e o sul
Conheço à lupa o equador
Porque me encontro melhor em cima do muro.

Jaquelyne Costa - Janeflí desde nascença

Festival Raiz e Remix agita Petrolina em agosto

Imagem
Nos dias 27 e 28 de agosto, a Associação Cultural, Artística e Social Raízes realiza a quinta edição do Festival Raiz e Remix. O lançamento aconteceu no dia 13 de maio deste ano no espaço Café com Arte em Petrolina. O evento já é considerado um caldeirão cultural, pois reuni a cultura popular, o rock, vertentes da música popular, música clássica e eletrônica, artes plásticas, cinema e fotografia.
O destaque do festival está na eclética programação musical trazendo para o Palco da Feira e a Tenda Eletrônica atrações como Lia de Itamaracá, Riachão, Chico Correa, Eletronic Band, o Samba de Véio da Ilha do Massangano, Isaar, Matingueiros, Apocalypse Reggae entre outros. Ainda durante o evento acontecem a Tenda de Cinema, Cordel Fotográfico, e Feira Multicultural.

O Festival propicia aos petrolinenses o contato com a rica cultura brasileira, gerando uma interação entre músicos locais e nomes de destaque da atual cena musical do país, não esquecendo o que há de mais tradicional nas manife…

Ao menino-homem

Imagem
(Imagem: Abraão Sousa)

Falar com você
É como tocar pétalas:
Macia porcelana.

Jaquelyne Costa - Janeflí desde nascença

"Pernanbuco" ?

Imagem
O nosso português sofre muito... Mais uma pérola para vocês!

Fotos: Jaquelyne Costa

Jaquesou afirma: "É DA QUI pra melhor" assim mesmo, separado.

Imagem
Não resiti ao ver essa propaganda na parede de uma fábrica em Petrolina. Virou um hobby, para mim, registrar essas "coisitas" da nossa língua. E encontro muito por aí, infelizmente. Nem sempre tenho uma câmera na mão pra eternizar...
Passei de carro e registrei, mesmo que torta, com meu celular essa pérola da língua portuguesa!

Divirtam-se!