Não gosto de falar sobre política, mas é preciso...


Eu não gosto de falar sobre política
Principalmente sobre políticos
Talvez a culpa não seja a política em si
Mas o soto-caráter de quem decide assumi-la.

Me irrita falar sobre político
Principalmente daqueles dissimulados
Que roubam, além do dinheiro,
A dignidade de um povo
A confiança de um povo
E sorriem diante as câmeras da TV.

Decididamente não gosto de político
Nem de suas gravatas e ternos
Nem de suas falsas-modestias
Nem de seus discursos treinados
Onde a frase “não fui eu, não sei de nada disso”
É corrente e irritante.

Não suporto os políticos sarneysianos
Cínicos palhaços de ternos
Donos de ilimitado patrimônio ilícito
De castelos desativados
De meios de comunicação
Com seus nomes em escolas, ruas e honrarias.

Eu detesto essa politicagem suja
Em que meu país se atola
Essa lama ácida que corrói a verdade no Senado
Na Câmara, nos palácios, nos funcionários...

E como todo brasileiro que se preze
Eu acredito num dia de revolução
Nossa bandeira empunhada ao peito
Consciência afiada e desafiadora
Contra essa “ética” de ternos e colarinhos brancos.

Eu, como todo brasileiro que se preze,ainda a esperança brota à alma
E espera a verdadeira mudança
E a correção do caráter e da alma
Desses homens demasiado políticos.



Jaquelyne de Almeida Costa

Comentários

HSLO disse…
Eu detesto essa politicagem suja
em que meu país se atola...

Amei esse trecho...perfeitooo esse poema, viu.

abraços


Hugo
Denise disse…
Amo politica,mas não ESSA politica.
Houve tempos em q sonhadora q era(em relação a politica rs) achei ser possivel lutar,reinvindicar,fazer passeata,greve e me posicionar enquanto cidadã
Ate que percebi que num pais de deseducados,não há quem saiba votar e assim sendo não ha como melhorar.
Desisti de gostar de politica,ate pq os que ali estão nem podem ser chamados de politicos.
carinho
Olá Pessoal,
É com muita satisfação que venho para divulgar meu primeiro livro.
Entre no meu blog e confira o meu filhote.


Por favor, ajude minha divulgação. Coloque no seu blog o meu livro.
Abração
Andréia M. G. disse…
Jaque, assino embaixo de suas palavras. Também detesto falar de política e ando farta de politicagem. A charge escolhida para ilustrar o texto merece grandiosos aplausos também. Fica a esperança de dias melhores. Bjos!
Cada vez mais maior quantidade de brasileiros e neles não incluo estes criminosos que são apátridas,revoltam-se com a situação e com a falta de vergonha deslavada que exibem...e riem de todos nós!

Um dia,mesmo que eu não veja desta terra, isto vai acabar!!!

Excelente,ainda mais partindo de uma jovem como você, que tudo tem,com outros iguais para mudar a situação!!!

Um beijo orgulhoso desta mocidade!!

Sonia Regina.
Ellen Fernandes disse…
É isso ae ...ainda somos brasileiros e esperamos uma luz no fim do tunel
Fábio Paulos disse…
a politica nao tem culpa, os politicos e' k fazem as coisas mal!!!
tonhOliveira disse…
Política
Arte e ciência de bem governar, de cuidar dos negócios públicos.

E a poliética alguem sabe o que é?

O jeito é ser, né Jaque?
Ric Dexter disse…
Política é importante. Mais do que isso, é impressindível!
A questão é de como tem sido feita a política.
Gostei desse seu poema-protesto-político.
Beijos!
Léo Metallica disse…
Eu acho complicadíssimo falar em Revolução Soci-político sem falar em manipulação político-estrangeira.

As vezes penso de que adianta uma revolução se quem está por trás são grandes corporações estadunidense cravando seus tentáculos por todos os lados do planeta?

Penso que a revolução tem de ser muito minuciosa e precisa, sem muito alarde e com verdadeiros representantes do povo sem a devida manipulação estrangeira.

Direto do Rio.
Beijos.
Menino-Homem disse…
preocupado:
cadê a mulher-menina de cachos tão bonitos?

a saudade arde
e só ela pra completar
felicidade minha...

beijos,
do seu homem-menino-muito-!
anareis disse…
Querida(o) nova(o) amiga(o), estou precisando muito de novos amigos pra me auxiliarem no meu projeto. Estou criando uma minibiblioteca comunitária e outras atividades pra crianças e adolescentes na minha comunidade carente aqui na minha comunidade carente no Rio de Janeiro,eu sózinha não conseguirei,mas com a ajuda dos amigos sim. Já comprei 120 livros e também ganhei livros até de portugal dos meus amigos dos meus blogs:Eulucinha.blogspot.com ,se quiser pode visitar meus blogs do google,ficarei muito contente. A campanha de doações que estou fazendo pode doar qualquer quantia no Banco do Brasil agencia 3082-1 conta 9.799-3 ou pode doar livros ou pode doar máquina de costura ou pode doar retalhos,ou pode doar computadores usados. Qualquer tipo de doação será bemvinda é só mandar-me um email para: asilvareis10@gmail.com , eu darei o endereço de remessa. As doações em dinheiro serão destinadas a compra de livros,material de construção,estantes,mesas,cadeiras,alimentos,etc. Se voce puder arrecadar doações para doar ao meu projeto serei eternamente grata. Muito obrigado pela sua atenção.

Postagens mais visitadas deste blog

Descendentes de Ares, doentes de um ódio cancerígeno

Amor jamais será essa coisa pálida que faz você se sentir pequeno e esquecido

Poema do sim e do não