(Foto: Carmesim - Jaquelyne A. Costa)
Petrolina/2008

Comentários

Menino-Homem disse…
suas imagens
ardem!

me derreto
quando você
vejo...

luz tens
e amor te dou...

do seu homem-mais-menino-de-asas-amarelas...!
Ai, meu menino...

Ardo assim mesmo
e tuas palavras me luzem!


Beijos

Postagens mais visitadas deste blog

Descendentes de Ares, doentes de um ódio cancerígeno

Poema do sim e do não

Amor jamais será essa coisa pálida que faz você se sentir pequeno e esquecido