Epifania



Fui a sábia eremita
Que recebeu nos braços
A iluminação doce
De tua chegada.



Foto e poema: Jaquelyne de Almeida Costa

Comentários

Vagner lopes disse…
Oi Jaquelyne. Tudo bem com vc?
Vi sua foto como seguidora lá em casa. Gostei da visita. Seja muito bem-vinda
Adorei seu espaço também. Suas poesias são lindíssimas.
também estou seguindo vc e vou likar vc lá, tá bom?

Um grande beijo pra vc. Tenha um ótimo final de semana.
Denise disse…
Ai ai ai

Jaque vc È sendo TUDO......venho aqui me admirar com tanto conteudo.

O moça incrivelmente poética.

carinho de saudade
De
Menino-Homem disse…
perfeita capacidade de ilustrar a vida...

e sábia sempre foi e será
pois é amor
beleza e poesia...

beijos,
do seu homem-quase-menino-tentando-ser-livre
Cecílio disse…
Être éclairés dans une lumière...
Chris... ჱܓ disse…
Lindas palavras...
Poetisa!

Um lindo final de semana!

Bjos mil...
linda foto com um encanto de poema parabéns jaque bom fim de semana pra vc!
MEUS PENSAMENTOS disse…
oi jaque minha linda,que bela foto eo poema lindissimo, mil bjinhos pra vc!
Lifehappens disse…
Foto bonita. Palavras, tanto quanto a foto. Gosto :D
Beijinhoos ^^ **
G I L B E R T O disse…
... E fica nítida para nós a impressão unica que pulsa no meio da verdade...

Linda a foto!

Lindo o poema!

Lindo o momento de vir ver teu blog...

Grato por esta oportunidade.


Gilberto
nel mezzo del cammim
Léo Metallica disse…
Poucas são as mulheres que valorizam tanto o homem como nestas suas palavras.

Direto do Rio.
Beijos.
Anônimo disse…
http://achatcialisgenerique.lo.gs/ cialis pas her
http://commandercialisfer.lo.gs/ cialis acheter
http://prezzocialisgenericoit.net/ cialis generico
http://preciocialisgenericoespana.net/ cialis comprar

Postagens mais visitadas deste blog

Descendentes de Ares, doentes de um ódio cancerígeno

Poema do sim e do não

Amor jamais será essa coisa pálida que faz você se sentir pequeno e esquecido