Cinema


Sento sozinha
cadeira vermelha
pipoca sem sal na mão
boca meio aberta
E você passa
não me vê:
prefiro assistir TV
na cadeira branca e dura
da minha casa.
Solidão perdura,
ainda assim,
é menos deprê.




Jaquelyne de Almeida Costa

Comentários

Andréia M. G. disse…
De vez em quando faço alguns progremas solitários, talvez por ser filha única e ter apresndido a fazer muitas coisas sozinha, mas ir ao cinema só é um tantinho deprê. Mas só um tantinho, nada comprometedor. rs Bjos, linda!
Fábio Paulos disse…
por vezes sabe bem estar sozinho
Esta é uma deprê que faz muito bem a alma pois somos nossa melhor companhia!!!

Um beijo!!!Sonia Regina.
Oi...
As vezes prefiro a depre...
bjos linda...
Fiz um poema, não sei se ficou bom, depois de uma olhadinha...
Menino Poeta disse…
Sozinho... isso faz parte da nossa vida.E engraçado quando queremos companhia ai é q fcamos sozinhos mesmo... belo o seu post.
Andréia,

eu também sou filha única e aprendi a fazer muita coisa sozinha, inclusive a conversar comigo mesma!!
Desde criança!

As vezes ficar sozinha é um bom remédio!

Beijos=*
Fábio Paulos,

realmente, concordo contigo!
Antes só que mal acompanhado!

Beijos=*
Sônia Regina,

a nossa melhor companhia mesmo, de verdade, é Deus!!
E que Ele esteja sempre contigo!

Beijos=*
Jacky!!

Vou passar em seu blog,amiga!
Tenho tido dificuldade de lá comentar...não sei porque...

Ah, com certeza ficou ótimo, linda mamãe!!

Beijos nesses corações!!
Menino Poeta,

sim,sim!
Quanto mais queremos companhia mais ficamos sozinhos...
ou não...

Um grande beijo em teu coração!
Menino-Homem disse…
ao menos em casa
o sono pode chegar
pra ocultar abandono...

eu e mim
e tu
felizes...

beijos,
do homem-menino-seu
G I L B E R T O disse…
Jaque

Se ele não te viu, é por que não te mereceu...

... então, o jeito, é se acomodar na poltrona vermelha e aproveitar do filme....

... amanhã, a gente dá um jeito!

... amanhã, a vida dá um jeito!


Abraços

Gilberto

Nel mezzo del cammim

Post Scriptun

Lindo teu blog, gostei de tudo de verdade. Virei teu seguidor. És talentosa, sensivel e muito criativa.

Grato pela oportunidade de ler voce!

Tchau
Léo Metallica disse…
A TV realmente nos ajuda em momentos difíceis. Tão difícil e complicado é o homem quando não entende a mulher. É claro do ponto de vista feminino.

Direto do Rio.
Beijos.

Postagens mais visitadas deste blog

Descendentes de Ares, doentes de um ódio cancerígeno

Poema do sim e do não

Amor jamais será essa coisa pálida que faz você se sentir pequeno e esquecido