Eu te entendo, Kierk


Já passei daquela fase
De dedicar-me ao estético
Depois estacionei na ética
Onde tudo se transforma
Do leve, belo e fugaz
Para o fardo, o desencanto, a rotina angulosa.
Agora dedico-me ao terceiro estágio
Da existência humana:
O religioso.
Kierk aconselhou-me a seguir
Uma meditação da existência divina
Porque assim, só assim,
Eu aceitaria melhor a minha vida
Se enxergasse Deus como a única fonte
De abastecimento ao espírito, ao EU, ao ser.
Aprendi com Kierk:
A fé guia nossas ações
Mas a razão é débil
Por isso que só os fracos
Se apóiam no cepticismo
E duvidam até deles mesmos,
Numa eterna procura
De explicar fenômenos
Sob a égide da razão.
E eu pretendo continuar
No caminho ao qual, realmente,
Ilumina mEU espírito
E deixo que filósofos discutam
O que já não mais preciso saber
Eu te entendo, Kierk!
E entendo-me também.




Jaquelyne de Almeida Costa

Comentários

Liah in Casulo disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Liah in Casulo disse…
Passo por cá e vejo a aura azul En-cantada de tuas palavras, Jaque...

montedebeijinhos.
Lian!!
Que bom vê-la aqui!!
Muito obrigada, querida!!
Teu comentário me é um presente para a alma!!

Beijos=*
Giuseppe Menezes disse…
Filosofando a filosofia dos filósofos
Joéliton disse…
Oi...td bem?
Estou visitando seu blog pela primeira vexx...posso confessar algo?...
Eu adorei tudo aki..rs...

Lindo texto....vou segui-la...Bjao
Gepp!!!
Te amo, meu querido!!
Apareça sempre!!!

E vamos filosofando...

Beijos=**
Joéliton!!!
Tudo bem sim, graças a Deus!!
E com você?
Ah!!Fico lisongeada!!!
Muito obrigada por estar aqui e me seguir!!
Te seguirei também!!
Grande abraço!
Beijos=*
Joéliton disse…
Seja bem vinda ao meu blog..

É um praxer ter uma amiga amais...
Bjos
Menino-Homem disse…
meu amor,
a vida sem Deus não existe. isto parece tão simples, mas alguns complicam.

"teoria" não é "pão".

como te adoro!
é sempre muito bom voltar aqui.
Tenha um feliz final de semana.
maurizio
Muito obrigada, Joéliton!
Para mim também é um grande prazer ter um amigo a mais em meu peito!!

Abraços=*
Como te adoro,
como te amo, como te admiro...
Amor meu,
você me entende tão bem que as vezes me confundo se eu sou eu ou se eu sou você...

Beijos=*
Maurizio, é sempre muito bom te ver aqui!
Volte sempre que puder!!
Grande beijo!
Te visitarei!

=**

Postagens mais visitadas deste blog

Descendentes de Ares, doentes de um ódio cancerígeno

Poema do sim e do não

Amor jamais será essa coisa pálida que faz você se sentir pequeno e esquecido