Bronquite


O amor engasga
No fim do peito
E te asma.





Jaquelyne de Almeida Costa

Comentários

Marcos Miorinni disse…
As vezes ouço passar o vento; e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido.

Fernando Pessoa

O amor é carta,
certa ! Não; que
se espera ...

abraço das letras
Marcos
mangapinto disse…
Amiga, concordo, lindo, ele às vezes é sofrimento, mas também poder ser mansidão.

Abraços - Mangarosa
Deni disse…
credu
eu tenho bronkite..
e tenho bronk dela
apokspaoskpoaska

aliás o q e´um ponto marrom no pulmão ?
é uma brownkitte!

xD~


brigado pelos elogios no meu blog linda..
o seu tá bm legal e gostoso d visitar...


aah pós carnaval atualizei a bagaçeta:

www.bagageirodocurioso.spaceblog.com.br

espro-te lá

abraço e ótimo fds!
Jean disse…
tambem tenho bronquite :( mas ela n se manifesta há uns dois anos e meio ou mais. são tantas as atribuições e dores de cabeça diárias q num tenho mais tempo pra ficar doente! (se bem que o foraseq ajudou um bocado)
Jaquelyne disse…
Ai, Marcos, que lindo!!!
Toda vez que tu passas por aqui eu me encanto!

Abraço das letras!
Jaquelyne disse…
Sim, sim, Mangarosa!
O amor também pode ser mansidão!
Mas o amor mal-amado pode ser um estrago para a saúde...

Abraços poéticos!
Jaquelyne disse…
Deni, você me vive de tanto rir!!
Passarei no teu bagageiro!!

Abraços risonhos!
Jaquelyne disse…
Pois é, Jean! A bronquite nos ataca, quando retomamos o fôlego...cof-cof-cof...
Bem, pelo menos sabemos que há cura!!

Abraços, caro colega!
Juci disse…
É verdade.. devo concordar mais uma vez contigo.

xeru..
Jaquelyne disse…
Pois é, Ju!
O meu ponto é essa pedra que cisma de não querer me largar...

Beijokas
Jaquelyne disse…
Mateus!!
Muito obrigada!
Valeu pela visita!
Beijos=*
Maria disse…
Morrerei por conta disso.

Postagens mais visitadas deste blog

Descendentes de Ares, doentes de um ódio cancerígeno

Amor jamais será essa coisa pálida que faz você se sentir pequeno e esquecido

Poema do sim e do não