Bronquite


O amor engasga
No fim do peito
E te asma.





Jaquelyne de Almeida Costa

Comentários

Marcos Miorinni disse…
As vezes ouço passar o vento; e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido.

Fernando Pessoa

O amor é carta,
certa ! Não; que
se espera ...

abraço das letras
Marcos
mangapinto disse…
Amiga, concordo, lindo, ele às vezes é sofrimento, mas também poder ser mansidão.

Abraços - Mangarosa
Deni disse…
credu
eu tenho bronkite..
e tenho bronk dela
apokspaoskpoaska

aliás o q e´um ponto marrom no pulmão ?
é uma brownkitte!

xD~


brigado pelos elogios no meu blog linda..
o seu tá bm legal e gostoso d visitar...


aah pós carnaval atualizei a bagaçeta:

www.bagageirodocurioso.spaceblog.com.br

espro-te lá

abraço e ótimo fds!
Jean disse…
tambem tenho bronquite :( mas ela n se manifesta há uns dois anos e meio ou mais. são tantas as atribuições e dores de cabeça diárias q num tenho mais tempo pra ficar doente! (se bem que o foraseq ajudou um bocado)
Jaquelyne disse…
Ai, Marcos, que lindo!!!
Toda vez que tu passas por aqui eu me encanto!

Abraço das letras!
Jaquelyne disse…
Sim, sim, Mangarosa!
O amor também pode ser mansidão!
Mas o amor mal-amado pode ser um estrago para a saúde...

Abraços poéticos!
Jaquelyne disse…
Deni, você me vive de tanto rir!!
Passarei no teu bagageiro!!

Abraços risonhos!
Jaquelyne disse…
Pois é, Jean! A bronquite nos ataca, quando retomamos o fôlego...cof-cof-cof...
Bem, pelo menos sabemos que há cura!!

Abraços, caro colega!
Juci disse…
É verdade.. devo concordar mais uma vez contigo.

xeru..
Jaquelyne disse…
Pois é, Ju!
O meu ponto é essa pedra que cisma de não querer me largar...

Beijokas
Jaquelyne disse…
Mateus!!
Muito obrigada!
Valeu pela visita!
Beijos=*
Maria disse…
Morrerei por conta disso.

Postagens mais visitadas deste blog

Descendentes de Ares, doentes de um ódio cancerígeno

Poema do sim e do não

Amor jamais será essa coisa pálida que faz você se sentir pequeno e esquecido