Eu quem será?



"Mas eu quem será?"


(Los Hermanos)


Para Giuseppe Menezes, meu Kozmic Soldier preferido.



Eu sempre deixo tudo suspenso


e ouço o que dizem de mim


quem liga?

ninguém quer mudar.


O que eu seria se tivesse de não ser

o que dizem o estranho que sou

eu digo o que me vem

porque só eu posso saber

o meu querer decidir o futuro

e o presente.


O que eu posso fazer

se amo tanto o passado,

o ultrapassado,

gosto mesmo é do velho.

Não importa mais

o que vão dizer

eu só quero a paz-angústia

de não saber quem eu sou.


Um dia talvez

eu possa chegar

e mudar de vez

o meu lugar

não preciso ouvir

palavras demais

porque eu vou seguir

o acaso do meu coração

que sabe me construir

pelas horas mais banais.


Eu sempre deixo tudo suspenso

e ouço o que dizem de mim

mas na verdade eu penso

e não quero voltar

a ser o primeiro a cair

na lama do pensamento alheio.


Eu quero é ser velho

é melhor pra mim

eu não vou mudar

consegui emoldurar o tempo

e ele sabe fingir

a construção que mereço.


Eles não sabem nada

tanto faz mudar

se nem mesmo sei

meu eu quem será...

O que foi

o que será

não cabe a ninguém

decidir a decisão

de estabelecer minha escolha de ser.


Eu quero ser eu assim...

aceito a condição da estranheza

meu coração tem sua idade

é velho junto comigo...



Jaquelyne A. Costa

Comentários

GIUSEPPE MENEZES disse…
Você fez uma excelente releitura da música, Jaque. Esse apego com o passado é mesmo verdade. Ás vezes, ele até impede que um novo passo seja dado, uma vez que poderá danificar o jeito como olhamos para esse nosso retrato-do-que-já-passou.

Me sinto muito agraciado com a dedicatória, e confesso que adorei o poema. Não, ninguém jamais havia escrito algo prá mim. Se há alguns dias me sentia abandonado, você foi meu remédio.

Te adoro! De todo o coração!
Teresa Leonel disse…
Jaque,
Estou feliz pela forma como vc conduz seu texto...leve e solto e profundamente inspirador...parabéns...
Jaquelyne disse…
Gepp,nunca se sinta abandonado e solitário. Há no Cosmos uma estrela que brilha só por você!
Te adoro, meu querido!
Jaquelyne disse…
Tia Teresa!!!
Nossaaaaaaaaaaa....
Muitíssimo obrigada pelo elogio e por vir até aqui me visitar!!
Grande beijo!
Juci disse…
hehehe.... fã numero 1 passaaaaando!!!!
Jaquelyne disse…
Eita, olha Juci passando por aqui!!
Milagre!!
Milagre!!
Rsrs...
Anônimo disse…
OI Jaque, tudo bem ?

As suas palavras consguiram expressar com muita sinseridade o tema.

Parabéns !!!

João Barbosa
Anônimo disse…
OI Jaque, tudo bem?

Suas palavras conseguiram expressar com muita sinseridade o tema.
Parabéns !!!
Jaquelyne disse…
João, muito obrigada!!
Grande abraço!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Descendentes de Ares, doentes de um ódio cancerígeno

Poema do sim e do não

Amor jamais será essa coisa pálida que faz você se sentir pequeno e esquecido