Salve, salve, Poesia!

Salve, salve, Poesia! Você que nos alimenta e nos deixa sãos (ou não) todos os dias! Ela também transforma o mundo!



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Descendentes de Ares, doentes de um ódio cancerígeno

Amor jamais será essa coisa pálida que faz você se sentir pequeno e esquecido

Poema do sim e do não