Jaquesou romântica mesmo


Eu não sou desse tempo

Eu não sou desse tempo
de valores distorcidos
amores falsamente construídos
laços frouxos e indecisos.
Eu pertenço ao tempo de outrora
ao tempo de amores verdadeiros
compromissos selados
olhares sinceros
gestos acertados e apaixonados
daqueles que nos deixam uma lágrima
quando o outro vai embora.
Eu não sou desse tempo
de agora
desacertado
acelerado
que (sem saber o nome)
 pegou, beijou e jogou fora.


Jaquelyne Costa

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Descendentes de Ares, doentes de um ódio cancerígeno

Poema do sim e do não

Amor jamais será essa coisa pálida que faz você se sentir pequeno e esquecido