Desfaço-me


Desfaço-me nas areias do tempo, 
mas logo reergo-me numa nova vida. 
Só o morto não muda.
_Janefli


Poema que faz parte do meu próximo livro a ser lançado - 'Uma aeronauta no último andar'.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Descendentes de Ares, doentes de um ódio cancerígeno

Poema do sim e do não

Amor jamais será essa coisa pálida que faz você se sentir pequeno e esquecido