Borboleta em dia de quase chuva





De tão leve seda
Vai impondo sua sutil força
Contra o pesado sopro do vento
Vai tentando o seu voar
Ultrapassando o sofrimento.



Janefli

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Descendentes de Ares, doentes de um ódio cancerígeno

Poema do sim e do não

Amor jamais será essa coisa pálida que faz você se sentir pequeno e esquecido