Em honra a Yemanjá


Fotos: Jaquelyne Costa

Comentários

Hugo de Oliveira disse…
Salve, Salve..minha mãe Yemanjá.
Ontem fiz uma homenagem em meu blog também.


abraços
Cecilio Bastos disse…
É isso aí fotojornalista! Ficou bem bacana. Cada composição com sua luz e cada enigma com sua magia. Adorei! Beijo.
resgatar
pincelar
eternizar

é seu forte
menina
minha
de cabelo
grande


beijos,
do menino-homem

fique com Deus!

saudades!

Postagens mais visitadas deste blog

Descendentes de Ares, doentes de um ódio cancerígeno

Amor jamais será essa coisa pálida que faz você se sentir pequeno e esquecido

Poema do sim e do não