Um sopro de vida



Um sopro de vida


dentro em mim


se fez carne


carne viva.








Jaquelyne Costa - Janeflí desde nascença

Comentários

Marcelle Silva disse…
E das profundezas da carne, se fez eu: mulher.
Lindo demais!

bjos
MEUS PENSAMENTOS disse…
saudades menina ...bom te ler bjks!
Poeta del Cielo disse…
belas letra cada una sentimiento puro ,,,

saludos
otima semana
abracos
D.A.V.I. "Tinho" disse…
Será que entendi nas entrelinhas que você vai ser mãe?
Porque ficou lindo, se for isso. Mas se não for, é bonito também!
Beijos!

Postagens mais visitadas deste blog

Descendentes de Ares, doentes de um ódio cancerígeno

Amor jamais será essa coisa pálida que faz você se sentir pequeno e esquecido

Poema do sim e do não