O meu amor


O meu amor não é inspiração, é salvação.


Jaquelyne Costa - Janeflí desde nascença

Comentários

Ju Fuzetto disse…
Ele sempre salva!!


beijo e boa semana
Jaquelyne Costa disse…
Ju,
isso é verdade!

Beijo e uma semana iluminada pra você!
Jaquelyne Costa disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Acho interessante o detalhe do dedo polegar afundando no rosto do rapaz. É um interessante contraponto ao olhar. Apesar de estar um conectado ao outro pelos olhares fixos, a paixão precisa se realizar no plano concreto, ela precisa do toque, do aperta. Nesta foto vemos o amor platônico do mundo das idéias, e também o amor aristotélico do mundo material. Bonito... ;-)
Andressa Nunes disse…
Sensacional.
Você tem um ótimo gosto e uma sensibilidade raríssima.
Tornei-me fã.

Beijos!

Postagens mais visitadas deste blog

Descendentes de Ares, doentes de um ódio cancerígeno

Amor jamais será essa coisa pálida que faz você se sentir pequeno e esquecido

Poema do sim e do não