Bandolins (Oswaldo Montenegro)


Hoje, inspirada por esta bela canção, venho para que possamos experenciar a vivência dessa letra maravilhosa de Oswaldo Montenegro na voz de Altemar Dutra!
Rodopiei ao som dos bandolins...

Ouça a música aqui:

Como fosse um par que

Nessa valsa triste

Se desenvolvesse

Ao som dos Bandolins...

E como não?

E por que não dizer

Que o mundo respirava mais

Se ela apertava assim

Seu colo como

Se não fosse um tempo

Em que já fosse impróprio

Se dançar assim

Ela teimou e enfrentou

O mundo

Se rodopiando ao som

Dos bandolins...

Como fosse um lar

Seu corpo a valsa triste

Iluminava e a noite

Caminhava assim

E como um par

O vento e a madrugada

Iluminavam a fada

Do meu botequim...

Valsando como valsa

Uma criança

Que entra na roda

A noite tá no fim

Ela valsando

Só na madrugada

Se julgando amada

Ao som dos Bandolins...

Comentários

Menino-Homem disse…
uma letra
de filme de amor!

saudades, menina-mulher

beijos,
do homem-e-menino


fique com Deus!
Jaquelyne Costa disse…
Meu menino, e não é que me imaginei vestida qual uma bailarina a rodopiar pela rua?!

Um grande beijo em teu peito!
Alice Brasil disse…
Amiga, passe no meu blog... lá tem um meme que eu quero a sua participação.

Beijos!!!
Meg Macedo.
Alice Brasil disse…
Amiga, passe no meu blog... lá tem um meme que eu quero a sua participação.

Beijos!!!
Meg Macedo.
Alice Brasil disse…
Amiga, passe no meu blog... lá tem um meme que eu quero a sua participação.

Beijos!!!
Meg Macedo.
Alice Brasil disse…
Amiga, passe no meu blog... lá tem um meme que eu quero a sua participação.

Beijos!!!
Meg Macedo.

Postagens mais visitadas deste blog

Descendentes de Ares, doentes de um ódio cancerígeno

Poema do sim e do não

Amor jamais será essa coisa pálida que faz você se sentir pequeno e esquecido