À Maria (Vida inteira de MÃE)

(Para minha Mainha e todas as mães do mundo tão doces quanto a minha)

Eu te digo minha Maria


O teu amor eu gostaria


De exibir o sabor


E o mundo te amaria.


Minha mãe, minha Maria


Eu não sabia


Que depois de tantos erros meus


O teu amor me amaria.


Minha flor, minha querida


Nem a dor, nem a tristeza


Tiram o amor e a sabedoria


Da tua sofrida vida.


Minha Mãe, minha Maria


Por ti eu gostaria


De voar até o espaço


E mil estrelas te daria.


Foto e poema: Jaquelyne de Almeida Costa

Comentários

Linda homenagem a sua mãe Jacque.

beijooo.
Que coisa mais linda esse poema inspiradíssimo!! Já amo Maria,
por ser sua mãe, ela é digna
de todo o nosso respeito
e também do nosso amor!

Parabéns à ela e todas as nossas mamães!!


Bjs!
Ester ~.~
Aninha, muito obrigada!
Mas eu a extendi a todas as mamães!


Beijos
Obrigada, Ester!!
Ah, minha mãe é muito linda mesmo!
Uma alma de luz divina!!

Beijos pra todas as mamães do mundo!
G I L B E R T O disse…
Parabens a tua Maria, e a todas as Marias do mundo, mesmo para aquelas, que, como a minha, não se chama Maria...

mas mãe, é tudo Maria, porque Maria é nome santo, porque mãe é toda santa!

Deus abençoe tua Maria, Deus abeneçoe minha Maria, que nem Maria é de nome, mas é mãe como a tua e a tua é mae como a minha!

kisses, Jaque!

Postagens mais visitadas deste blog

Descendentes de Ares, doentes de um ódio cancerígeno

Amor jamais será essa coisa pálida que faz você se sentir pequeno e esquecido

Poema do sim e do não