Janeflí - Herdeira de Fênix

Digo-te
que a cada fogueira saltada
renasço entre incensos
e raízes perfumadas.


Janeflí desde nascença


Foto e parlatório: Jaquelyne A. Costa

Comentários

Vim como que encantada pela luz dessa foto..
Ainda bem que existem as fogueiras,
elas são a prova de que podemos
nos reinventar a cada momento,

bjs de luz**
Sida Pinheiro disse…
Herdeira de Fênix

Enquanto não chega o dia
em que o reinado de trabalho e alegria
se chega para Ti,
prossiga sorrindo erguendo a arma
do amor em ação, sabendo que tua luta
jamais ficará em vão.

Prossegue Herdeira de Fênix
sempre com a mão no arado
sem olhar para trás...

Levanta , Grita se for preciso,
mas nunca deixe teu sorriso
se afastar do abraço de uma canção.

Com carinho de Sidroniosa Pinheiro ( Sida )
para Jaquelyne A. Costa.
O segedo é este renacer a cada vez que a fogueira tenta nos queimar!!

Adoro vir aqui e você é um docinho!!!

Beijos!

Sonia Regina.

P.S.Vou complementar meu poema com o final que sugeriu em meu blog,quem sabe o "abduzido" aparece?
Elaine disse…
Jaque,
Este é um comentário-convite. Quero convidar você para participar de uma mega promoção que está acontecendo lá no blog: sorteio de 1 exemplar do livro Perseguição digital. Para participar basta acessar este link e preencher o formulário. É simples e bem rápido. Espero você. Beijos e obrigada por acompanhar meu blog.
Ester, doce amiga!

Obrigada viu!
Apareça mais vezes sempre será bem-vinda!

Beijos
Sidoca,

que lindo, amiga!
Muito obrigada pelo carinho e amor que você me entrega!

Beijo no coração e muita luz pra todas nós!
Sonia Regina,
como sempre é um grande prazer e uma alegria imensa que te recebo por aqui!!

Um grande beijo no seu coração lindo!

Amo você!
Elaine, obrigada pelo convite,viu!!
Beijos

Postagens mais visitadas deste blog

Poema do sim e do não