Essa é Janeflí

(imagem: Google)

A todas as mulheres que existem no mundo um feliz Dia 8 de Março + o resto da vida inteira!
Que tenhamos a força necessária para combater toda e qualquer iniquidade, pois ainda não a derrotamos;
Que nenhum homem seja o lobo da mulher, sabendo respeitá-la e acima de tudo, amá-la, como outrora nos advertiu, oportunamente, Marina Colasanti!
Agora um poema dedicado a Janeflí - esse espírito feminil que me habita onde quer que eu vá...

(imagem: Google)

Essa é Janeflí

Eu sou um dia de muito sol quando as nuvens tiram férias
Eu sou um tango argentino dolorido e fugaz nos passos precisos de bailarinos inexperientes
Eu sou a taça de vinho que embriaga os amantes já no primeiro sorvo
Eu sou a chuva mormacenta que cai languidamente nas espáduas nuas pelas ruas
Eu sou o vento que abençoa e pragueja nas janelas alheias
Eu sou o azul marinho incompreensível do mar
Eu sou a camisa suada de quem corre a lugar algum
Eu sou a saliva que Lilith beijou em Adão
Eu sou aquela que passeia entre as nuvens levando o veloçino de ouro
Eu sou o manuscrito indecifrável de Alexandria
Eu sou a trilha invisível e matreira do tempo
Eu sou a rouquidão de Maysa perdendo o tom
Eu sou aquela que nasceu enamorada pelo impossível.



Jaquelyne de Almeida Costa

Comentários

Clayton Ângelo disse…
Oi jaque, tudo bem? Parabéns três vezes: pelo texto, pelo poema e pelo seu dia. Beijos
Marina G. disse…
Que lindo Jaque! *-*
Parabéns a nós! :D

1 beijo.
Somos a Mulher, companheira, mãe, amiga, sem hora nem dia…

Feliz dia da Mulher!

beijooo.
Barbara disse…
A imagem primeira tá me incentivando...
Diu Mota disse…
Belo pseudônimo...e texto,claro.
abraço.

Postagens mais visitadas deste blog

Descendentes de Ares, doentes de um ódio cancerígeno

Amor jamais será essa coisa pálida que faz você se sentir pequeno e esquecido

Poema do sim e do não