Dame


Dame amor
Porque além do tango
Meu vestido dança desejo
E o amor é a rosa vermelha
Que tu levas à capela.

Dame, amor,
Dame el placer
De bailar um tango
Em Buenos Aires
Tragando-te como vinho quente.

Dame tus passos,
Supremo dançarino,
Tuas pernas me guiam
E tuas mãos decidem
Meus movimentos.

Dame amor
Pa’ bailar
No salão inspirador
Que é teu corpo.



Jaquelyne de Almeida Costa

Comentários

Tem selinho pra vc lá no blog.

beijooo.
romantic disse…
como sempre inspiradora um bom fim de semana!

Postagens mais visitadas deste blog

Descendentes de Ares, doentes de um ódio cancerígeno

Poema do sim e do não

Amor jamais será essa coisa pálida que faz você se sentir pequeno e esquecido