Dançarinos venceremos

"Criança não trabalha /criança dá trabalho..." (Arnaldo Antunes)

Se a porta ainda não se abriu,
Amanhã veremos
A Casa pode estar lá
Ou pode ser Vênus
Ciranda pra se rodar
E então dançaremos

Aquele som vem dali
Dalí não se esconde
Mostrando a sua cor
De longe, alcancemos
A tribo é de Xangô
Na luta venceremos
A arma é o tambor
Batendo cantaremos
Nosso antigo hino
Venceremos dançarinos.


Jaquelyne de Almeida Costa

Comentários

Alice Brasil disse…
Hummm... Jaque também escreve poesias sobre as causas sociais, deveria investir mais nisso, o Brasil precisa de tanta gente assim engajada. Qt moça?, né?! Rsrs.. DEixei um presente pra vc no meu blog.

Beijos!!!

Meg Macedo.
Meg,

amiga,quanto tempo!!
Obrigada por vir aqui e me dar presentinhos: sua presença é um presente para mim!!
Ah, eu faço poemas assim é que ainda não os publiquei!

Um grande beijo e muito obrigada!!
HSLO disse…
Você como sempre brilhante na escolha....viu.

Parabéns pelo seu talento.


abraços

Hugo
MR disse…
Tambem gostei de entrar por esse lado mais social-politico.
Muito bonito seu post.
Bjs
esse retrato deve mudar,
criança é riso e ninguém me tira isso...!

beijo você com muito amor...

do seu menino-homem-muito-ocupado-em-tentar-provar-o-que-não-sabe-ainda...
tonhOliveira disse…

Dançar hinos!

Muito bom!
Beijos!
Muito lindos seus pensamentos e sentimentos que mostram a grande pessoa que a Jaque deve ser...parabens!!

beijinho

Postagens mais visitadas deste blog

Descendentes de Ares, doentes de um ódio cancerígeno

Amor jamais será essa coisa pálida que faz você se sentir pequeno e esquecido

Poema do sim e do não