CACTUS


Cai o eu em tus
E nus de espinhos
Somos sertão
Somos SERtãos
SERtus.







Foto e poema: Jaquelyne de Almeida Costa

Comentários

Ilana disse…
Jaque.. que maravilha de poema
BRAVO!
Claudio Kezen disse…
Somos todos sertão, mesmo os que não querem vê-lo. Bjs.
Ficou uma bonita foto!gostei da perspectiva!
beijinho
Paulo Roberto! disse…
Eiiii, belíssima postagem, nossas raízes eu diria...

Bom, tem presentinho pra você no meu blog...

Beijos!
Mari Amorim disse…
Olá querida

Gostei do teu post!
Boas energias
Mari
Ilana!!


Obrigada!

De vez em quand minha cachola funciona...rs...


Beijos=*
Claudio,

e você está certíssimo!!

Um grande beijo=*
Alda,

vindo este elogio e uma fotógrafa como você me sinto feliz!!


Obrigada!!

Grande beijo, bem haja..
Paulinho,

obrigada, meu querido amigo!
Por tudo, muito obrigada!!

Saudades de você!
Beijos em seu coração!
Olá, Mari!!

Obrigada!!

Apareça mais vezes!

Beijos=*
Léo Metallica disse…
O cactus com espinho contracenando com a palavra sertão nos dá a força com que tais sentimentos ficam evidenciados.

Direto do Rio.
Beijos moça.

Postagens mais visitadas deste blog

Descendentes de Ares, doentes de um ódio cancerígeno

Amor jamais será essa coisa pálida que faz você se sentir pequeno e esquecido

Poema do sim e do não