Às vezes eu paro cismando

(imagem:nandafob.blogspot.com)
Às vezes eu paro cismando
Pensando em coisa nenhuma
Às vezes me perguntando
Por que é tão estranho esse mundo.

Daqui de onde estou
Contemplo esse mundo
Quanta coisa, meu Deus,
Quanta coisa,
As pessoas são um absurdo!

Às vezes eu paro cismando
Pensando em coisa nenhuma
Às vezes me perguntando
Por que é tão estranho esse mundo.

Umas se vestem de pureza
Encobrindo o lobo atroz e matreiro
Outras se cobrem de uma eterna beleza
E são incapazes de mirar-se no espelho.

Às vezes eu paro cismando
Pensando em coisa nenhuma
Às vezes me perguntando
Por que é tão estranho esse mundo.

Umas são serpentes por natureza
Outras guardam segredos amorais
E há ainda aquelas que, sem nobreza,
Vivem planejando ataque voraz.

Às vezes eu paro cismando
Pensando em coisa nenhuma
Às vezes me perguntando
Por que é tão estranho esse mundo.




Jaquelyne de Almeida Costa

Comentários

Ernani Netto disse…
Já desisti de cismar com o mundo, bem como entendê-lo ou as pessoas!

Bjaum
Eu também já devia ter desistido...
mas eu não consigo!

"Mas os passos deste mundo
pisam tudo, tudo, tudo...
Morte certa." (Cecília Meireles)
Denise disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Denise disse…
agora vai...

Encabulei com o comentário lá em minha "casa" rs

ADORO....o nome do seu blog.

Acredite ,SER ,mesmo que não tenha outro jeito não é para uma qualquer.
Há pessoas que não são nem a marra rs.

e vc é "SER" tanto

De
De,

adorei seu comentário!!!
Um jeito tão cúmplice...

Olha, vou seguir você agora!!
Hum..que bom saber que eu SOU!!!

Beijos=*
Nilson Barcelli disse…
Vim aqui "empurrado" pela Barbara...
Mas ainda bem, li um belíssimo poema.
Dei uma vista de olhos e gostei do seu blogue. Parabéns.
Boa semana, beijo.
Ellen Fernandes disse…
Como está lindo o novo visual do blog.....e amei a forma como escreveu esses ultimos versos...como é estranho esse mundo...menina vc melhorou demais...tem muito futuro!!
Menino-Homem disse…
"Outras se cobrem de uma eterna beleza
E são incapazes de mirar-se no espelho."

afirmo perante os tribunais,
você é uma destas pessoas... sua simplicidade, seus cachos, sua maneira de reinventar... ah doce Jaque, como te admiro.

e sempre estou aqui
entregues a ti.

milhões de beijos.

do seu quase Homem que é Menino.
Lindo Jacky, as vezes me sinto assim.
bjos
Nade disse…
Boa Noite!
Adorei ver que você confirmou presença na Blogagem Coletiva - Minha Música, Meu Momento!
Fico honradíssima em tê-la parceira no dia 21 e já estou ansiosa em ler a sua história, em ver sua postagem.
Vai ser fantástico ler as experiências de vários amigos blogueiros sobre o tema proposto postadas em seus respectivos blogs no dia 21!
Só não esqueça de anunciar sua participação na Blogagem colando o selo na sidebar do seu blog...
Dia 21, estaremos em festa!
Grande beijo!

Orgulho de Ser
Tem um desafio e um selinho para você em meu blog!

Beijos!!

Sonia Regina.
Clayton Ângelo disse…
Oi Jaque, está aí um sentimento infinito de quem é sensível e percebe a vida com outros olhos. Beijos.
Léo disse…
E assim caminha a humanidade.

É claro que há as pessoas que escapam ao monstro da alienação.

Direto do Rio.
Beijos.

Postagens mais visitadas deste blog

Descendentes de Ares, doentes de um ódio cancerígeno

Amor jamais será essa coisa pálida que faz você se sentir pequeno e esquecido

Poema do sim e do não