Melancolicamente


Ao ouvir a canção
Céu cor de rosa
de V. Harbert /
A. Dubin / E. Barthlett /
Haroldo Barbosa



Ontem, na tarde tristonha
olhei para o céu
longe avistei o passado
lembrei tuas palavras
procurei-te ao sol poente
e minha alma escureceu.
Chorei ao caminhar pelas ruas
fui revendo as cenas belas
do amor alheio
tantos outros casais
a andar de mãos dadas
e vivendo felizes, todos em paz.
Sonhei que tu estavas ao meu lado
quis beijar-te os lábios
e então acordei
era tudo um sonho
que tão cedo acabou.
A alvorada que nasce
não tem mais o doce sabor
porque sei, estou sem amor.
Quando vinhas me ver
eu vivia a sorrir, a cantar
os teus passos na escada
confundiam-se ao bater do meu coração
que alegre ficava,
repleto de emoção.
Hoje, estou tão sozinha
como a velha andorinha
que já não faz mais verão
e o sol vai sumindo,
melancolicamente,
a noite chega ao meu coração.



Jaquelyne de Almeida Costa

Comentários

Giuseppe Menezes disse…
Que tristeza, Jaque. Mas você não está sozinha. Já percebeu que quando nos lembramos dos sonhos é porque acordamos de maneira incomum? É como se as lembranças fossem um erro, algo que não deveríamos recordar.
Rui Caetano disse…
Os sonhos podem se desvanecer entre os nossos dedos, mas em cada sonho que se perde, conquistamos logo um outro preso à esquina do nosso olhar além...
meus pensamentos disse…
JAQUE SUA POSTAGEWM ESTA LINDA
A IMAGEM É MARAVILHOSA
SAUDADES DE TU MENINA!
FORTE ABRAÇO!
Menino-Homem disse…
...sua poesia tem perfume...!

(voltando...)
Gepp, meu querido!
Não sabes o quanto me é bom ouvir tuas palavras...
Mas as vezes a tristeza nos faz sentirmos sozinhos...passarinhos assustados com a chuva!!
Mas foi só um momento!
Já passou!!!
Beijos, Gepp!!
Rui!
Isso sim!
Ainda bem que somos seres dotados de sonhos...
São eles também que nos impulsionam a viver!!

Abraços, querido!
Márcia!!
Também estou com saudades!!
Ando muito atarefada com a universidade, mas prometo te visitar, amiga!!

Um grande beijo!
Muito obrigada por estar aqui!!
Abraão!
Finalmente o mar se abriu e me trouxe você de volta!!!

Amigo-amor, não me abandone nunca mais!!

Beijos=*
Kenia disse…
OI JAKI! GOSTEI DA SUA FOTO NO PERFIL!
ลndreia disse…
Senti cada palavra... *
Oi, Kenia!!
Obrigada!
Ela é de Audrey Hepburn!

Linda ela né!!

Beijos=*
Andrea, obrigada por sentir-me!
Grande beijo=*

Postagens mais visitadas deste blog

Descendentes de Ares, doentes de um ódio cancerígeno

Poema do sim e do não

Amor jamais será essa coisa pálida que faz você se sentir pequeno e esquecido