Arranjo para cantarolar


Prestei atenção num som
Que vinha fininho
Lá do outro lado da janela.
Não era sapo nem era grilo
Soava mais que um passarinho.
Não resisti
Curiosa que sou
Fui conferir
Quem era o assobiador.
Então eu ri
ao descobrir
quem estava a assobiar!
Era um menino
que muito sabido
estava ensaiando
um arranjo pra cantarolar!






Jaquelyne de Almeida Costa

Comentários

Janaina Brum disse…
Jaque, passando para desejar uma boa semana e me alegrar com teus textos! Bjs, Jana
Mirse disse…
Belíssimo! Imagem e poesia !
è o menino passarinho.
Lindo, ADOREI!

Beijos

Mirze
Kenia disse…
Oi jaque! tem um selo para vc no meu blog! Eu te indiquei porque acho seu blog magnetico!
Jana!!
Muito obrigada,amiga!!
Também te desejo uma vida inteira maravilhosa!!!

Um grande beijo!
Mirse!!!
Que bom vê-la por aqui!!
É o menino passarinho que canta dentro de mim!!!

Beijos, querida!!
Kenia!!
Muito obrigada por me indicar!!
Voc6e é sempre muito gentil!

Beijos=*
manzas disse…
Tocavam os raios ensolarados e madrugadores
Nas vastas planícies, terras por conquistar…
Do chão brotavam vidas e esperanças de amores
Colhidas por ninfas ao som de flautas, a dançar

Mas nessas terras, também corriam ventos de tirania
Trazidas por lordes e senhores de um Rei ditador…
Cobrando liberdade a um povo que por ela ardia
Forçados às leis impostas pelas espadas, suor e dor

Um resto de uma agradável semana!

Bem-haja!

O eterno abraço…

-MANZAS-
Poeta Eterno disse…
lindo isso!!!
Manzas...
Tantas são as sensações que me deixas aqui...

Abraços, meu querido!
Poeta Eterno!!
Bom vê-lo aqui!
Ah, muito obrigada!Fiz com o coração!
Me inspiro muito em Cecília Meireles!

Beijos=*
Rui Caetano disse…
Excelente. Muito bonito.
O Profeta disse…
O silêncio da solidão mora em meus olhos
Revela-se na tristeza, retém a palavra amarga
Tem a nudez de um aguaceiro de Maio
Uma garganta presa em grades que a voz embarga

Hoje a Ilha acordou presa ao silêncio
Os pássaros voaram no chão de barro frio
Esqueceram-se de subir ao azul
Lavaram as penas nas águas de um rio


Convido-te a descansar a alma nas minhas pedras de Ouro


Mágico beijo
Maria disse…
Ai, que coisa gostosa =D
Olá, Rui!
Muito obrigada pelo elogio e pela visita ao jaque Sou!
Te visitarei!!

Grande abraço!!!
Até logo!
Profeta, já fui ao encontro de tuas pedras de ouro...
Deixei minhas impressões por lá!

Grande beijo=**

Que as palavras nos unam cada vez mais!
Maria!
O bebê da foto é muito lindo!
O poeminha me inspirei em Cecília Meireles com seus belos poemas para crianças!

Beijos=*
Giuseppe Menezes disse…
Você sempre se reinventando... este é um belo poema para um livro infaltil. De verdade. =D
Gepp!!
Que bom que você gostou!!
Ah, eu me inspirei naquele livro de Cecília Meireles Ou isto ou aquilo.

Beijos, meu querido!Muito bom te ver por aqui!
Juci disse…
Eles tem esse poder de encanto..
Juci disse…
Eles tem esse poder de encanto..
Realmente, eles sabem como nos fazer feliz!

Postagens mais visitadas deste blog

Descendentes de Ares, doentes de um ódio cancerígeno

Poema do sim e do não

Amor jamais será essa coisa pálida que faz você se sentir pequeno e esquecido