Combate

Teus olhos
Sobre mim
Eu me fazendo
Como água.




Poema e foto: Jaquelyne de Almeida Costa

Comentários

Oi lindinha... Aproveite bastante este feriado para descansar.Bjos e até +...
Também me considero nefelibata, Srta. E vivo bem assim.
manzas disse…
O mundo adormece na cama do céu
Enquanto permaneço acordado no teu roseiral…
Vigilante no teu galante corpo, rosa sem véu
Batem janelas inquietas, pétalas em temporal

Neste momento,
Desejo
Um bom fim-de-semana
Materializado em harmonia
Com muita alegria…
Um excelente CARNAVAL
Com muito divertimento
Desmascarando amor
Com paz,
Cheio de muita folia…

O eterno abraço…

-MANZAS-
Janaina Brum disse…
Jaque!!!
Muito bom, como sempre!!!
Sabes que sou sua fã!
Andei um tempo em off, mas agora estou de volta, tenho olhado teu blog sempre!
Beijinhos
Jana
Janaina Brum disse…
Jaque!!!
Muito bom, como sempre!!!
Sabes que sou sua fã!
Andei um tempo em off, mas agora estou de volta, tenho olhado teu blog sempre!
Beijinhos
Jana
Jaquelyne disse…
Obrigada, Jacky!
Um carnaval de alegria em sua vida!!

Beijos
Jaquelyne disse…
Márcio, os nefelibatas são bem felizes assim mesmo, não é?!
Volte aqui sempre!!
Abraços=*
Jaquelyne disse…
Manzas, teus versos são presentes!!
Muito obrigada por existir!
Grande beijo repleto de paz!
Jaquelyne disse…
Jana!!!!
Que ótimo ver você por aqui!!
Ah, sabe que eu é que sou sua fã!
Vou te visitar!
Muito obrigada pelo teu carinho!!
Grande beijo=**
mangapinto disse…
Passei para uma visita e gostei do seu blog. Simples e inteligente. Espero poder voltar mais vezes.

abraços - Mangarosa
manzas disse…
Derramo pelas mãos escritas em palavras
Sentimentos de pensamentos desfiados…
Dispo a alma em poesias desvendadas
Expondo-as sem temer trilhos apagados

Passei para agradecer a visita e comentário…

Um resto de uma boa semana…

O eterno abraço…

-MANZAS-

Postagens mais visitadas deste blog

Descendentes de Ares, doentes de um ódio cancerígeno

Amor jamais será essa coisa pálida que faz você se sentir pequeno e esquecido

Poema do sim e do não