Ciranda pra trazer você


Para Will Carvalho



Ver a ciranda rodar

que bonito

ver o menino dançar

deixar que o vento

lhe leve, menino

e nos meus braços ficar

andar pelas ruas girando, menino

ver o mundo todo cantar

e saber que eu lhe amo tanto,menino

tanto quanto eu amo o mar.

Ver a ciranda rodar

que bonito

ver o meu menino passar

e o vento passando por seu destino

fazendo a vida voar

e quando você chegar aqui, ó menino

não esqueçe de me falar

que a vida é muito mais divertida

se você vier me amar.

Lálá...lálálaiá...lálálálá...laialalaiá...

humhumhum...

E enquanto o tempo passa

sem graça sem você

eu vou girando minha saia bordada

pra dançar ciranda até o amanhecer

e eu quero ficar cansada

desejar a noite

pra ela me trazer você.






Jaquelyne de Almeida Costa

Comentários

Will Carvalho disse…
O moça , brigadão pelo poema e por ter ouvido minha musica , eheheehh,,, continue escrevendo, é redenção
bjão
Jaquelyne disse…
Will!
Que bom que você gostou!
A intenção é um poeminha musicado, como eu não sei cantar nem tocar...
Pelo menos a escrita!!!
Beijos=**
Giuseppe disse…
Jaque, você pode não saber cantar ou tocar, mas sabe musicar: que poema alegre, dá vontade de dançar ou cantarolá-lo.
Jaquelyne disse…
Gepp!!
Novamente você captou a essência do poema-ciranda!!!!
É pra ser alegre mesmo!!
Que bom!!
Parece que nós temos muita coisa em comum, até mesmo o pensamento!!
Vamos cantar!!
Vamos dançar, Gepp!!
Beijos=*

Postagens mais visitadas deste blog

Descendentes de Ares, doentes de um ódio cancerígeno

Poema do sim e do não

Amor jamais será essa coisa pálida que faz você se sentir pequeno e esquecido