In memorian

Se tens um coração de ferro, bom proveito. O meu, fizeram-no de carne, e sangra todo dia.



José Saramago

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Poema do sim e do não