1987



O sol despejava ainda com preguiça
seus bracinhos dourados no mundo
e numa cidadezinha
quase na despedida de maio
tinha um alguém pequenino
que queria vê-lo
pela primeira vez.





Jaquelyne de Almeida Costa

Comentários

Ric disse…
E esse "alguem pequenino" hoje cresceu a quer competir com a luz do sol!

Beijos!
Uma doçura de post e que imagem maravilhosa!!!

Beijo,menina Jaque!Sonia Regina.
MEUS PENSAMENTOS disse…
que meigo jaque ta um amor sua postagem só um pouco dificil de ler pela cor,bjs!
tonhOliveira disse…
Muito bom Jaque!

E a imagem de quem é?

Beijos

: )
Ai,Ric!!
Que lido isso!
Acho que estou tentando viver a poesia...


Beijos=*
Obrigada, Sonia Regina!!
Suas palavras são meigas!!

Um grande beijo em seu coração!
Márcia, obrigada e ó, mudei a cor lá tá?!!

Beijokas,amiga!=*
Tonho!!!

A imagem é muito linda mas eu esqueci de pegar o crédito dela...
Vi uma vez no orkut da nossa queridíssima Ester e pguei pra mim!!

Beijokas=*
Caillean disse…
Oi Doce Jaque

Que lindo me emocionou,e a figura maravilhosa. Amei amiga!!!

Vim também te fazer uma visitinha, e ler coisas bem escritas :)

Gostei do novo look !!!

Beijinhos encantados

)0(
Olá, mágica Caillean!!

Amiga, muito obrigada pelas palavras de carinho!!
Fico feliz de saber que você gosta de vir aqui ler essas minhas coisas...

O look agora acho que combina mais comigo!!
Obrigada!!

Um grande beijo=**
Léo disse…
Acho que alguém fez aniversário nesta data.

Direto do Rio.
Parabéns.
Juci disse…
Nossa, acho que essa imagem reflete bem o seu desejo de ser árvore.

sem palavras.. :D
Juci, é isso mesmo!!
Alguém pensa assim com eu...
rs..

Beijos=*

Postagens mais visitadas deste blog

Descendentes de Ares, doentes de um ódio cancerígeno

Amor jamais será essa coisa pálida que faz você se sentir pequeno e esquecido

Poema do sim e do não